Moção de Congratulações à Associação Antialcoólica do Estado de São Paulo – Moção 138/2005


Câmara Municipal de Osasco


MOÇÃO     138/2005

Senhor Presidente,

Senhores Vereadores,

Apresento à Mesa, observadas as formalidades regimentais, MOÇÃO DE CONGRATULAÇÕES à direção, e a todos os integrantes da ASSOCIAÇÃO ANTIALCOÓLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO – Regional Osasco, pelo transcurso do 38º aniversário do início de atividades em Osasco, ocorrido no último dia 15 de outubro.


 

JUSTIFICATIVA

A Associação Antialcoólica do Estado de São Paulo iniciou suas atividades no ano de 1942, num salão cedido pela “Casa do Pequeno Trabalhador”, localizado sob o Viaduto Nove de Julho, no centro de São Paulo, num trabalho de recuperação de alcoólatras restrito a poucas pessoas. O número de pessoas interessadas que procuraram a ajuda da Associação foi tão grande que foi necessária a abertura de vários outros Núcleos na Grande São Paulo e também no interior. Hoje, conta com 120 núcleos e mais a sede central, localizada nos baixos do Viaduto Dona Paulina, no centro de São Paulo.

Sua oficialização ocorreu no dia 1º de março de 1950 e, seu primeiro presidente foi o Dr. Álvaro Palpério.

Sua implantação em Osasco, ocorreu em 15 de outubro de 1967, quando foi realizada a primeira reunião doutrinária, com a colaboração do Padre Ângelo Grando, então vigário da Paróquia Nosso Senhor do Bonfim, na Rua André Rovai, contando com o auxílio de alguns recuperados do Núcleo da Associação Antialcoólica de Taboão da Serra.

No início de 1968, o Núcleo transferiu-se para o Salão Paroquial da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, no Jardim Piratininga, onde permaneceu até fins de 1969, transferindo-se em seguida para o Jardim Helena Maria, onde permaneceu até o final de 1970. Mudou-se para o salão do Centro Espírita Obreiros do Bem, na época situado à Avenida Maria Campos, onde permaneceu até 1971.

Por motivos alheios à vontade de seus recuperados, as reuniões foram interrompidas durante o ano de 1972, sendo reiniciadas no princípio de 1973, desta feita no Salão Paroquial da Paróquia Santa Gema Galgani, no bairro de Presidente Altino, ali ficando até 1988.

Antes porém, em 15 de outubro de 1982, o então Prefeito de Osasco, Sr. Primo Broseghini, através do Decreto nº 4784/82, concedeu à Associação Antialcoólica do Estado de São Paulo, permissão para o uso do terreno situado nos baixos do Viaduto Ignes Colino, com endereço de Avenida Maria Campos, 25, onde os recuperandos, com seus próprios esforços e recursos, construíram um salão para funcionamento do Núcleo e da Regional da Associação em Osasco.Diante das dificuldades encontradas, as obras somente foram concluídas em 1988, quando presidia o Núcleo de Osasco, o Sr. Gabriel Ferreira dos Santos, que, com muito sacrifício abriu novos Núcleos e realizou a 10ª Semana Antialcoólica, no período de 10 a 17 de outubro, justamente quando se comemorava o 21º aniversário de fundação da Associação Antialcoólica do Estado de São Paulo em Osasco.

Hoje, a Associação Antialcoólica do Estado de São Paulo – Núcleo Osasco, realiza suas reuniões em espaço cedido pela Prefeitura, à Rua Presidente Castelo Branco, 305, Centro, e também nos seguintes bairros: Rochdale, Helena Maria, Jardim D’Ávila, Jardim Joelma e Jardim das Flores.

Com determinação e persistência, a Direção e seus associados trabalham pela recuperação de alcoólatras em nosso Município e também em toda nossa região, muito fazendo em favor de inúmeras famílias que tiveram seus filhos e pais recuperados, re-inseridos na sociedade, com dignidade e honra.

Sala de Sessões Tiradentes, 20 de outubro de 2005.

BOGNAR
-vereador-

 

homenagem representantes AAESP

Representantes da AAESP recebem
homenagem da Câmara de Osasco