Título de Cidadão Osasquense ao Radialista Toni Gomide


 Radialista Toni Gomide é Cidadão Osasquense

Por Maurício Viel

Data: 16/05/08

Fotos: Maurício Viel

Toni Gomide

Vereador Bognar

A Câmara Municipal de Osasco realizou Sessão Solene no dia 15 de maio de 2008, no Plenário Tiradentes, para entregar Título de Cidadão Osasquense ao Sr. Manoel Gomide da Silva, popularmente conhecido por Toni Gomide. A homenagem foi proposta em 1986 (6ª Legislatura da Câmara Municipal de Osasco) pelo vereador Fenelon Guedes Pereira, já falecido. O vereador Sebastião Bognar, substituindo Fenelon, é quem entregou a homenagem, que reconhece os “inestimáveis e relevantes serviços de Toni Gomide, prestados à coletividade osasquense”.

A Mesa-Diretora da solenidade contou com a participação do vereador Osvaldo Vergínio da Silva (presidente da Câmara de Osasco), vereador Sebastião Bognar, vereador Jair Assaf, Francisco Rossi (deputado federal) e Celso Giglio (deputado estadual).

Fizeram uso da palavra os vereadores Sebastião Bognar e Cláudio Piteri, Guaçú Piteri (ex-prefeito de Osasco), Antônio Júlio Baltazar (radialista), Celso Giglio, a dupla caipira Irmãs Galvão, Paulo Abreu (diretor-presidente da Rede Mundial de Comunicação) e Francisco Rossi.

Na platéia, autoridades civis, políticos, imprensa, artistas sertanejos, amigos e familiares do homenageado.

Ao final da solenidade, os artistas Irmãs Galvão, Sereno e Tiãozinho, Mococa e Paraíso e Miltinho Rodrigues executaram seus números musicais.

Manoel Gomide da Silva nasceu em 1944 na cidade de Conchas/SP e mora em Osasco desde 1959.

Radialista, iniciou sua carreira aos 18 anos (1962), sob o nome artístico de Toni Gomide. Entrou para o meio sertanejo, através da rádio Nove de Julho. Participou de vários outros programas e eventos do meio sertanejo, sendo reconhecido por fazer entrevistas no programa Sílvio Santos. Teve passagens também pela TV Bandeirantes e TV Gazeta.

Em 1977, apresentou o programa “Brasil Verde e Amarelo” na rádio Novo Mundo (hoje rádio Capital), transferindo-se para a rádio Iguatemi de Osasco, onde ficou por muitos anos.

Em 1987, no Japão, montou um Centro Cultural em Tsu, cidade irmã de Osasco – na época como assessor de comunicação da prefeitura osasquense.

Além de ter atuado em alguns filmes, Toni compôs inúmeras trilhas para o cinema nacional. Possui várias canções de sua autoria gravadas por duplas sertanejas.

Foi diretor da União dos Artistas Sertanejos (UASPA), um dos fundadores da Associação Brasileira dos Artistas Brasileiros (onde criou o “Troféu Osasco”, uma espécie de “Oscar” da música sertaneja). Fundou também a ABAS – Associação Brasileira dos Artistas Sertanejos.

Hoje, além de ter dois programas sertanejos no rádio, Gomide é diretor de comunicação da Rede Mundial de Comunicações, que envolve várias rádios como Tupi AM e FM, Mundial AM e FM, Terra FM e Kiss FM.

Gomide já foi homenageado em 1972 pela Câmara de Osasco, ao receber Cartão de Prata, autoria da então vereadora Maria Coluna.

 

O homenageado ao lado dos demais membros
da Mesa-Diretora da solenidade

Fonte da notícia:http://www.camaraosasco.sp.gov.br/noticias/2008/0516.htm


 

Reprodução do Título de Cidadão Osasquense
concedido ao radialista Toni Gomide